FESTA DE CONTOS (2013)

FICHA TÉCNICA:

Texto e Direção: Celly de Freitas

Elenco: Amanda Galvão, Celly de Freitas, Miguel Segundo e Silvana Pequeno

Figurino: Tainá Macedo

Maquiagem: Fernando Bernardo

Iluminador: Aelson Felinto

Trilha Sonora: Cia de Teatro Encena

Fotografias: Bruno Vinelli

Designer Gráfico (cartaz): Zeba Lyra

Link do espetáculo na integra: https://www.youtube.com/watch?v=N5nVq_FDUzY

 

PARTICIPAÇÕES EM MOSTRAS DE TEATRO E PRÊMIOS

  • 1º Festival de Teatro e Dança de Mangabeira – João Pessoa, Paraíba – Dezembro de 2013 – ganhou o prêmio de Melhor Espetáculo do Festival;

  • III Festival Janeiro Arretado de Teatro para Crianças – João Pessoa, Paraíba – Janeiro de 2014.

  • Projeto Cardume pela  FUNESC - João Pessoa - 2016.

  • FITIJ - Festival de Teatro e Artes para a Infância e Juventude - Santarém, Coruche e Almeirim (Portugal) - 2016.

Matéria no "Jornal Correio da Paraíba, 20 de outubro de 2013":

A TOLICE DE CELLY DE FREITAS

Jamarri Nogueira

 

Na Idade Média, enquanto a Igreja Católica tentava sepultar o teatro ‘profano’, uma formatação cênica ganhava as praças. Tomava as ruas. Sobretudo na França, a Igreja investia em sua ‘sotie’ (representações sacras organizadas pelo clero para difundir dramas litúrgicos, milagres, mistérios etc).

Para o bem do teatro e não da Igreja, trupes iam de encontro ao padrão cênico imposto. As turnês populares levavam ao povo as clownescas performances pouco sacras... Eram as ‘sottise’, palavra francesa que significa ‘loucura’, ‘tolice’...

Em uma ‘sottise’, o elenco fingia ser louco e dizia suas verdades sem correr o risco de prisão.Representavam a loucura de cada um e o desejo de todos com relação ao profano. Tambémdifundiam histórias hoje conhecidas como infantis, em nome da manutenção da tradição oral.Em João Pessoa, o espetáculo ‘Festa de Contos’ tem muito da ‘tolice clownesca’ tão combatida na Idade Média. A peça dirigida por Celly de Freitas é um exemplo de como o teatro pode chegar às ruas, permitindo - inclusive - maior interação com o público.

‘Festa de Contos’ é uma performática contação de histórias infantis bem populares. Em cena,Celly de Freitas, Glaydson Gonçalves, Kelner Macedo, Melânia Silveira e Silvana Pequenomostram suas habilidades narrativas e uma excelente capacidade para apresentar soluçõescênicas em prol da contação.

Celly é um dos principais nomes do teatro infantil paraibano, tanto na realização de espetáculosquanto na formação de atores e plateia. Com composições próprias, música ao vivo, bom figurino e excelentes desempenhos em cena, ‘Festa de Contos’ agrada ao público infantil e também aos adultos. Celly de Freitas prova que sua ‘tolice’ é coisa séria... Muito séria!